Posted by: licedoa | December 1, 2010

Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte I

É realmente o filme mais fiel ao livro.

Título Original: Harry Potter and the Deathly Hallows – Part 1
Lançamento: 2010 (Reino Unido)
Direção: David Yates
Atores: Daniel Radcliffe, Rupert Grint, Emma Watson, Tom Felton, Ralph Fienes, Alan Rickman
Duração: 146 min
Gênero: Aventura, Fantasia

Eu li todos os livros de Harry Potter e embora tenha gostado muito, já estava de saco cheio de ler tantos livros do mesmo personagem. Já expliquei inúmeras vezes que, na minha opinião, uma história só consegue ter um personagem até o terceiro livro. Passado disso, ou começa a ser baboseira ou você simplesmente fica de saco cheio de ver sempre o mesmo enredo. Com Harry Potter não foi exatamente ruim, só fiquei de saco cheio de escutar falar dele, mas as histórias são boas.

No sétimo filme já faz tanto tempo que eu li o último livro que eu sinceramente não lembrava mais do que acontecia em cada parte. Algumas foram mais marcantes e outras só deixaram um pequeno rastro na memória. E isso é bom! É ótimo ver um filme sem saber o que vai acontecer em seguida. Mas vamos ao que interessa de fato.

Não diria que agora os personagens estão mais maduros, apenas sabem lutar melhor e aparentam ser mais humanos. Nos primeiros filmes vimos Harry e seus amigos se metendo em confusões infantis pelas quais toda criança curiosa passa. Mas no novo filme apenas Rupert Grint, que interpreta o Rony, parece ter aprendido a atuar. Daniel Radcliffe sempre pareceu meio nervoso, a versão masculina de Kristen Stewart com seus tiques nervosos. Emma Watson é uma boa atriz, mas como Hermione ela é consegue ser estranhamente bizarra.

Por outro lado, os efeitos especiais dão um show quando se trata de sombras e explosões de luz como as magias feitas nas cenas de luta. Aliás, apesar de terem poucas cenas de luta, as cenas são boas, diferente daquelas coisas estranhas que não podem ser chamadas de lutas, em Enigma do Príncipe. Parecia mais que os inimigos estavam apenas chamando para a briga, mas essa de fato não ocorreu.

Mas o que mais me surpreendeu é que a ideia que eu tinha do filme foi completamente mudada. Sinceramente, não considero o último livro o melhor. Gosto muito da Ordem da Fenix e Enigma do Príncipe. Mas quando foi noticiado que o último livro seria desmembrado em dois eu pensei: vai dar xabu. E não deu. É claro que não seria aceitável fazer isso com toda obra que fosse adaptada para o cinema, mas definitivamente o filme flui melhor com a história sendo contada sem deixar nada de fora.

Como um todo, Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte I é uma obra bem feita. Não chamaria de adaptação porque é mais fiel do que os outros livros.

E vocês o que acharam do filme? Viram, não viram? Comentem!

Conteúdo exclusivo em @alicedoa3.


Responses

  1. […] Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1 […]


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

%d bloggers like this: