Posted by: licedoa | July 7, 2011

A Mitologia de Harry Potter

Há seres na saga de Harry Potter que nós não estamos acostumados a ver nem a conhecer nas aulas de Biologia. Eles foram baseados principalmente na mitologia greco-romana, mas passando também por lendas gaulesas, egípcias, escandinavas, chinesas, indianas, irlandesas e celtas. Nos filmes foi necessário apelar para os efeitos especiais enquanto os atores tinham que contracenar com aparatos esverdeados para ajudar depois no Chroma Key.

Centauros

No livro, Firenze é um centauro que confia nos humanos mais do que os outros centauros e acaba salvando Harry enquanto ele cumpre detenção na Floresta Proibida. No filme, ele foi construído digitalmente e o ator Ray Fearon apenas o dublou. Esse ser faz parte da mitologia grega, eles viviam nas montanhas de Tessália, no centro da Grécia e eram divididos em duas famílias: os filhos de Íxion e Nefele e os filhos de Filira e Cronos.

Sibilas

Na verdade, na história não é exatamente retratado como um ser. O nome da professora de adivinhação odiada por Hermione, Sibila Trelawney é inspirado nas sibilas, mulheres da mitologia Greco-romana que possuem poderes proféticos.

Argos Panoptes

Assim como Sibila Trelawney, Argus Filch foi inspirado em Argos Panoptes, um ser mitológico grego gigante de cem olhos. Perceberam a semelhança com o personagem que fica vagando pela escola à procura de alunos que fugiram da cama? Quando Argos dormia mantinha 50 olhos abertos. Ele teve um final trágico. Era servo de Hera, que pediu pra que tomasse conta de Io, uma princesa amante de Zeus que foi transformada em Novilha. Zeus então mandou libertar Io e Hermes o pôs pra dormir e depois cortou sua cabeça. Após isso, Hera o homenageou transformando-o em um pavão.

Esfinge de Tebas

No livro, Harry encontra uma criatura de corpo de leão e cabeça de mulher na competição. A criatura em questão é a Esfinge de Tebas, que desafiava quem passava por ela a responder a pergunta mais famosa do enigma da esfinge, melhor retratado em Édipo Rei.

Decifra-me ou devoro-te: “Que criatura pela manhã tem quatro pés, ao meio-dia tem dois, e à tarde tem três?”

Qualquer homem que não respondesse corretamente era estrangulado pela esfinge. E vocês? Sabem a resposta? Coloquem nos comentários.

Cassandra

Mais uma vez um nome baseado em uma lenda. Dessa vez é Cassandra Vablatsky, escritora do livro de adivinhações Esclarecendo o Futuro. Cassandra é uma personagem grega que quando pequena foi brincar com seu irmão gêmeo, Heleno, no Templo de Apolo. Acabou ficando tarde e eles dormiram lá. De manhã, a ama encontrou as crianças dormindo com duas cobras em seus ouvidos. Mas as crianças saíram ilesas. Assim, os ouvidos deles se tornaram sensíveis às vozes dos deuses. Cassandra se tornou linda e servidora de Apolo, que se apaixonou por ela, contando os segredos da profecia. Quando ela se recusou a se deitar com ele, foi lançada uma maldição de que ninguém acreditasse mais nas profecias dela. Ela começou a ser considerada louca por prever tantas catástrofes e acabou levando à queda e destruição de Tróia.

Cérbero

O cachorro Fofo, que de fofo não tem nada, é na verdade um Cérbero, presente na mitologia grega. O Cérbero era um cão de múltiplas cabeças e cobras ao redor do pescoço. Ele guardava a entrada do Hades, deixando os mortos entrarem e jamais saírem. Os mortais que passassem por ali eram despedaçados.

Basilisco

Basilisco é uma serpente gigante que foi retratada de forma diferente ao longo dos séculos. Na Idade Média diziam que ele tinha cabeça de galo ou homem. Na heráldica, arte de descrever brasões, ele era retratado como um dragão com cabeça de galo. Há outras versões que dizem que ele era um lagarto gigante, mas a forma mais aceita é a de uma grande cobra de coroa. Quem já leu o livro Harry Potter e a Câmara Secreta ou viu o filme, já sabe que ele mata as pessoas que olharem para ele. Segundo a lenda ele nasce de um ovo de galinha chocado por uma serpente.

Fênix

Fawkes, a fênix de Dumbledore, salva Harry e Gina no segundo livro/filme da série. Esse pássaro da mitologia grega pegava fogo quando morria e após um tempo renascia das cinzas. Dizem que essas cinzas seriam capazes de ressuscitar um morto. A fênix é muito forte, há lendas que contam que elas transportavam coisas tão grandes e pesadas quanto elefantes.

Hipogrifo

Bicuço, o Hipogrifo de Hagrid é talvez a figura mais famosa entre os animais mitológicos de Harry Potter. O Hipogrifo é um ser nascido da união de um grifo com uma égua. Grifos são criaturas com cabeça e asas de águia e corpo de leão. O hipogrifo era geralmente retratado como animal de estimação de cavaleiros ou de um feiticeiro. Era capaz de correr como um raio.

Testrálios

Esses animais que só podem ser vistos por pessoas que já estiveram bem perto da morte ou viram alguém morrer, são inspirados em pégasos e dragões. Os pégasos são cavalos alados, símbolos da imortalidade. Na mitologia grega, o pégaso nasceu do sangue de medusa quando foi decapitada por Perseu. Os dragões vocês já conhecem de várias mitologias.

Fonte: Wikipédia

O que vocês esperam de Harry Potter e As Relíquias da Morte – Parte 2? Escrevam nos comentários!

Quer escrever resenhas pro Ligadona? Veja como fazer parte!

Conteúdo exclusivo em @alicedoa3.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

%d bloggers like this: