Posted by: licedoa | June 16, 2012

Apartheid

No dia de hoje, há 36 anos, aconteceu o levante de Soweto, uma das mais sangrentas rebeliões negras que ocorreu durante o regime do apartheid, na África do Sul. O governo disse que apenas 95 pessoas foram mortas, mas a estimativa real, embora não confirmada, é de que 500 pessoas foram assassinadas. Para entender como isso aconteceu e de que forma essa revolta deu fim ao apartheid, vamos explicar primeiro toda a história.

O apartheid foi um regime de segregação racial que ficou vigente entre 1948 e 1994. Durante essa época, os negros eram obrigados a viver longe dos brancos. Mas não só eles. Cada pessoa tinha um tipo de etiqueta. Ao invés de ser uma multidão, elas foram divididas em negros, brancos, de cor e indianos. A partir da década de 70, os negros não podiam mais ter saúde nem educação de qualidade. Tudo que eles tinham acesso era sempre em condições piores que as dos brancos. Por isso 10 mil estudantes negros decidiram fazer uma passeata, de maneira pacífica, para que conseguissem melhorias na área de educação.

Esses estudantes moravam em um bairro chamado Soweto, que fica em Johanesburgo. Ali se concentravam vários outros bairros negros, onde eles foram forçados a viver e trabalhar. Soweto foi desmembrado de Johanesburgo, em 1983, de forma que eles tinham sua própria administração. No dia 16 de Junho de 1976, os estudantes cantavam, marchando em direção a um estádio aberto, onde fariam um comício. Porém, policiais os impediram de continuar a passeata, sendo que um deles jogou gás lacrimogêneo no local para que pudessem invadi-lo.

A polícia abriu fogo contra os estudantes. Quatro deles morreram, sendo que um deles era um menino de 13 anos, chamado Hector Pieterson, que estava tentando fugir e morreu nos braços do amigo. Nesse dia, havia fotógrafos no local e essa fotografia acabou estampando os maiores jornais do mundo.

Foi a morte desse menino, que levou ao fim do apartheid. Ele se tornou um símbolo da luta contra essa segregação. No dia de hoje, é comemorado o Dia da Criança Africana, instituída em 1991, pela Organização da Unidade Africana (OUA). Que esse dia seja lembrado por todos nós e deixemos nossos preconceitos de lado, pois independente de cor, somos indivíduos que, se com um pouco de respeito podemos viver em um mundo com menos desavenças. Pensem nisso. Abaixo, filmes que lembram o apartheid, mesmo que por leve menção.

Um Grito de Liberdade

Sinopse: Tensão e terror na África do Sul retratados com base na história de um ativista negro e um jornalista branco liberal, que se arrisca para levar a mensagem do ativista negro ao mundo.

Trailer

Distrito 9

Sinopse: Alguns anos atrás, os aliens fizeram seu primeiro contato com a Terra. Humanos esperavam que a raça fosse hostil e proporcionasse um ataque ao planeta. Nada aconteceu. Ao invés disso, as criaturas pediram asilo, já que são as últimas sobreviventes de seu planeta natal. Mas a co-existência da raça com os humanos não vem sendo fácil até então, e os “camarões”, como são chamados preconceituosamente, permanecem escondidos em uma área povoada por barracos improvisados na África do Sul, denominada Distrito 9. Lá, são obrigados a viver no ostracismo e proibidos de sair até que os humanos decidam o que fazer com eles.

Trailer | Resenha

Mandela – Luta Pela Liberdade

Sinopse: James Gregory (Joseph Fiennes) é um típico branco sul-africano, que enxerga os negros como seres inferiores, assim como a maioria da população branca que vivia na África do Sul sob o apartheid dos anos 60. Crescido no interior, ele fala bem o dialeto Xhosa. Exatamente por isso, não é um carcereiro comum: atua, na verdade, como espião do governo com a missão de repassar informações do grupo de Nelson Mandela (Dennis Haysbert) para o serviço de inteligência. Mas a convivência com Mandela cria um forte laço de amizade entre eles e o transforma em um defensor dos direitos negros na África do Sul.

Trailer

O que acharam do post? Qual a opinião de vocês em torno dessa revolta? Deixe seu comentário!

Faça parte da nossa página no Facebook, veja conteúdos exclusivos e participe de promoções!


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

%d bloggers like this: